sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz Ano Novo



(Transcrito)


O tempo passa como o vento.
Nem sempre o percebemos passar.
Mas ele continua, a cada momento,
A nos mover, a nos transformar.


O tempo é obra do bondoso Criador;
A gente o divide em dias, semanas ou anos,
mas do ponto de vista do nosso Senhor,
é apenas um meio para realizar os Seus planos.


Para o Criador o tempo é uma coisa só,
tanto faz mil anos ou apenas um dia.
Povos surgem e desaparecem no pó,
mas Deus conduz Seus planos em perfeita harmonia.


O Criador tece a trama de nossas vidas,
até mesmo nas lutas que enfrentamos,
buscando o melhor para as criaturas queridas,
Ele nos torna mais sábios e humanos.


Uma vida se une a outra: histórias são ligadas
e tecem obras primorosamente trabalhadas.
Então, que em nossos caminhos, vindas e idas,
sejamos sempre pessoas amorosas e unidas!

sábado, 11 de dezembro de 2010

Jesus, o Advogado Justo


(Transcrito)


“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”. 1 Jo 1.9



A Palavra de Deus diz: “Filhinhos estas coisas eu vos escrevo para que não pequeis, se todavia alguém pecar temos advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo”. Jesus Cristo é o advogado das causas perdidas e isso por três razões: primeiro por causa do Seu caráter, Ele é justo. NEle nunca houve pecado. Nenhuma malícia houve em Seus lábios. Segundo, por causa dos Seus métodos. Jesus como seu advogado não veio para estar do seu lado, mas estar em seu lugar, como seu substituto. Jesus como advogado não veio para advogar sua inocência, mas para assumir sua culpa.

Jesus como advogado não veio para lhe cobrar um alto preço por sua salvação, mas para pagar todo o preço pela sua redenção. Jesus Cristo como seu advogado pode lhe salvar totalmente, pois depois de morrer por você, ressuscitou e está à direita de Deus, de onde intercede por você. Terceiro, Jesus é o advogado das causas perdidas por causa da eficácia do Seu trabalho. Ele nunca perdeu uma causa.

PENSE

Não há causa perdida quando essa causa é colocada nas mãos de Jesus.




terça-feira, 23 de novembro de 2010

À Distância de Uma Oração



Por

Fred Cloud (Tennessee, EUA)


LEIA Salmo 118.19-29



"Não te glories do dia de amanhã, porque não sabes o que trará à luz". Provérbios 27.1

Muitas pessoas usam agendas; nelas, nós anotamos as reuniões que teremos, os aniversários e eventos esportivos. No começo da semana, olhamos nossa agenda e achamos que temos uma visão clara do que estaremos fazendo. Com o tempo, percebemos a quantidade de eventos inesperados que podem acontecer: em nossa vida pessoal, no trabalho, em nossa comunidade, nação e mundo. Há mais de 2 mil anos, um sábio observou: "Não te glories no dia de amanhã, porque não sabes o que trará à luz" (Provérbios 27.1).


Podemos deparar com um acidente, uma doença, um desastre natural ou com o desemprego. Mas nós, cristãos e cristãs, sabemos que não estamos sós num universo sem coração. Em todas as circunstâncias, todos os dias, Deus está conosco. Como o salmista afirmou: "Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele" (Salmo 118.24).


Saber que Deus está conosco, que o Cristo vivo está à distância de uma oração sussurrada pode remover a dor do sofrimento e nos dar força. E um telefonema ou carta inesperada - ou a visita de um velho amigo - é uma verdadeira bênção que não sabíamos que o dia poderia nos trazer.


PENSAMENTO:

"Seja qual for minha situação hoje, Deus estará comigo".


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Deus é Glorificado em Você

Fanny Crosby
(Transcrito)


LEIA Romanos 12.1-2


Fanny Crosby, cega desde as seis semanas de idade, produzia glória para Deus onde quer que fosse. Mesmo sem a visão, conhecia a Bíblia melhor do que a maioria das pessoas. Ainda jovem já sabia de cor o Pentateuco, e quase todo o Novo Testamento. Mesmo cega aprendeu a valorizar as belezas da criação de Deus e a expressar isso em suas poesias. Decorou os oito mil hinos que escreveu. Falou para grandes auditórios, tal a bênção que a sua presença transmitia.

Aos 94 anos, a 11 de fevereiro de 1915, parecia estar bem de saúde, ditou uma carta e escreveu novo poema, indo depois para a cama. Antes de amanhecer tinha ido para o céu. Qual o cristão que não deu glória a Deus ao cantar suas canções? Quantos milhares de pessoas não entregaram suas vidas a Cristo ao ouvirem os hinos: “Manso e suave, Jesus está chamando”, “Mais perto quero estar meu Deus de ti”. Certamente, milhares de pessoas em todo o mundo ficaram mais ricas espiritualmente porque Fanny Crosby viveu para a glória de Deus.


PENSE:

"Sua vida tem sido um farol ou a sua luz ofuscou-se pelas adversidades da vida?"


quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Lutando Pela Vida Após dar Vida

Bianca no Chá de Bebê de José Vittório em Agosto/2010 - Foto do Facebook da Bianca


O sonho de toda mulher é poder exercer o dom da maternidade, pelo menos a maioria delas.

Quando descobrem que estão grávidas, começa a maratona das compras do enxoval, a escolha do nome, a curiosidade pra saber como será seu rostinho, com quem vai se parecer, sem falar nos paparicos das famílias que ficam ansiosas pela chegada do mais novo membro.


A chegada de um bebê é um acontecimento marcante, traz alegria para o lar e é a continuação daqueles que o geraram, é o fruto do seu amor, é a sua herança. Mas o que dizer para uma família que passou por todas essas etapas e infelizmente a pessoa principal para cuidar, amamentar, segurar em seus braços esse ser tão indefeso e pequeno que é a mãe, não pode vê-lo e nem senti-lo por estar lutando por sua própria vida?



Hoje venho utilizar esse canal para pedir a todos que clamem ao Senhor pela vida da cantora Bianca Toledo. Para quem não se lembra, ela foi caloura do Programa Raul Gil no ano de 2001 na Record, sendo uma das mais prestigiadas por sua voz doce e ao mesmo tempo potente. Evangélica, Bianca gravou seu CD O AMOR PREVALECERÁ.


Bianca estava esperando o seu 1º filho, José Vittorio e desde 11/10 após dar à luz está lutando por sua vida. De acordo com as informações da família, a sua vida está por um fio.


"Desde o dia 11 de Outubro de 2010 Bianca Toledo está internada no hospital Pasteur, no Rio de Janeiro. Ela teve complicações ocasionado por uma interrupção no intestino, ligado a sua cirurgia no estômago que resultaram em uma infecção generalizada, hemorragias, diminuição da coagulação sanguínea, descontrole da pressão arterial. A complicação se agravou ocasionando um coma induzido, Bianca deu luz a José Vittório que recebeu os primeiros cuidados e já está de alta junto com o pai Renato Pimentel e família.


Em 21/10/2010 Bianca passou por uma cirurgia exploratória devido a uma hemorragia que conseguiram estancar, Bianca Toledo passou mal na madrugada de 20 para 21 de Outubro de 2010, 28/10/2010 entre outras datas, foram 6 cirurgias a última realizada em 04/11/10 no período da tarde, devido a complicações na cicatrização da cirurgia anterior.


11 Novembro de 2010 17:47h - 31º Dia


No Twitter de Bruno Toledo leu-se hoje a seguinte frase: A Bi Piorou. Só um fiozinho sustenta a vida dela agora !

Próximo Boletim médico - 11/11/2010 - 20h ou a qualquer momento em caráter emergencial.


DOAÇÃO DE SANGUE:

O banco de sangue disponibiliza uma van para buscar as pessoas em um mesmo local, informe-se Cintia: 21-7899-3874


Qualquer tipo sanguíneo, ainda precisamos de doadores.

Endereço: Rua Riachuelo n°43, 3° andar, Bairro Centro, Rio de Janeiro.

Horários: Segunda a Sexta, 8:00 as 15:00. Sábados, 8:00 as 12:00.


Telefone: (21)3233-5950 http://www.serum.com.br/


Agradecemos imensamente!

Condições para ser um doador:

Pesar mais de 50Kg.
Ter idade entre 18 e 65 anos.
Estar em bom estado de saúde.
Não ter doado sangue nos últimos 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres).
Não estar em uso diário de medicação controlada, exceto vitaminas e anticoncepcionais.
Na manhã da doação não estar em jejum, apenas não ingerir alimentos gordurosos. Deve ingerir bastante líquido: sucos, chá, mate, refrigerantes, etc.
Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.
Não ter contraído hepatite após os 10 anos de idade.
Não ser portador de doenças crônicas.
Não ter feito tatuagem há menos de 1 ano.
Comparecer munido de documento de identidade.
Vacina da Gripe H1N1 doar somente após 48hs "


Fonte:
http://biancatoledopimentel.zip.net/ (Blog Oficial criado pela família no intuito de manter as pessoas informadas do quadro de saúde da Bianca).



Que possamos nos unir em oração, pois sabemos que o nosso Deus é poderoso para mudar esse quadro, para Ele não impossível! Esse sorriso contagiante não pode se apagar e essa voz angelical não pode se calar. Que o Senhor da vida lhe traga de volta para que milhares de vidas possam através da Bianca reconhecer o poder do Senhor!

http://www.youtube.com/watch?v=VO96-0PZ5RA


video

sábado, 6 de novembro de 2010

Teleton 2010 Ultrapassa a Meta!

Divulgação SBT



Que maravilha é poder participar dessa festa anual que é o TELETON, porque mesmo se tratando de um programa voltado para crianças e adultos portadores de deficiência o que emana naquele palco é a alegria! As pessoas que são beneficiadas pela AACD por mais grave e raro que seja o seu problema conseguem ter a esperança de uma vida mais digna e de possibilidades de independência, e essa superação nos faz ver que reclamamos demais por quase nada.



Divulgação SBT

Esse ano foi simplesmente estupendo o resultado. A meta era de 20 milhões e foram atingidos R$ 23.970.150,00. Prova mais uma vez que o brasileiro é um povo generoso e que ajuda mesmo tendo tão pouco. Além do mais, de nada adianta doar uma grande quantia se não tiver amor na ação. Segundo Chaplin "Dar não é repartir o que sobra. Dar é dividir o que se tem" e foi isso que o Brasil fez hoje, dividiu o que tinha com quem tanto precisava. Agora Mogi das Cruzes (SP) terá uma nova unidade da AACD.




Parabéns a todos que colaboraram, mais vitória alcançada!

(Angela Vauthier)


Linha do Tempo

2009
Meta: Construção da AACD Poços de Caldas (MG) e mais 2 unidades em São Paulo (SP). (em andamento)
Arrecadação: R$ 19.343.325

2008
Meta: Diminuir a fila de espera de 32 mil pessoas.
Arrecadação: R$ 18.955.948

2007
Meta: Construção da AACD São José do Rio Preto (SP)
Arrecadação: R$ 17.111.159



2006
Meta: Manutenção das unidades existentes
Arrecadação: R$ 16.162.588

2005
Meta: Construção da AACD Joinville (SC)
Arrecadação: R$ 16.150.890



2004
Meta: Manutenção das unidades existentes e ampliação do Hospital Abreu Sodré (construção de 18 apartamentos em 5 pavimentos)
Arrecadação: R$ 16.616.032

2003
Meta: Construção da AACD Nova Iguaçu (RJ)
Arrecadação: R$ 15.000.000



2002
Meta: Construção da AACD Osasco (SP)
Arrecadação: R$ 16.015.454

2001
Meta: Manutenção das unidades existentes
Arrecadação: R$ 11.847.000



2000
Meta: Construção da AACD Uberlândia (MG)
Arrecadação: R$ 10.226.000

1999
Meta: Construção da AACD Porto Alegre (RS)
Arrecadação: R$ 10.147.000



1998
Meta: Construção da AACD Recife (PE) e reforma da unidade Mooca (SP)
Arrecadação: R$ 14.855.000


Curiosidades:




Dados de Janeiro a Agosto de 2010

*9 unidades: Ibirapuera, Mooca e Osasco (SP), Recife (PE), Uberlândia (MG), Nova Iguaçu (RJ) e Porto Alegre (RS);
*Filiadas: São José do Rio Preto (SP) e Joinville (SC);
*3 novas unidades em construção: Zonas Norte e Sul de São Paulo (SP) e Poços de Caldas (MG);
*6 fábricas ortopédicas: Ibirapuera e Osasco (SP), Recife (PE), Uberlândia (MG), Nova Iguaçu (RJ) e Porto Alegre (RS);
*4 escolas: Ibirapuera, Mooca, Pinheiros e Santana (SP);
*Atendimentos no setor escolar: 24.812
*Funcionários: 2.070
*Voluntários: 1.377
*Pacientes atendidos por dia: 5.760 (Dados de 2009)
*Pacientes em fila de espera: 32.540
*Total de atendimentos no ano: 1.347.777 (Dados de 2009)








quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Comigo Não!


Por


Dennis Fisher



LEIA - Salmo 30:6-12



"Quanto a mim, dizia eu na minha prosperidade: jamais serei abalado."

Salmo 30:6



O ator Christopher Reeve ficou tetraplégico após um acidente numa competição de hipismo em 1995. Antes desta tragédia, interpretou o papel de um paraplégico em um filme. Para se preparar, visitou um centro de reabilitação. Ele recordava: “Toda vez que saía daquele centro de reabilitação, dizia: ‘graças a Deus que não sou eu’”. Depois do acidente, Reeve arrependeu-se daquela declaração: “Eu estava me distanciando daquelas pessoas que sofriam sem perceber que num segundo aquele poderia ser eu.” E infelizmente, para ele, foi o que aconteceu.

Nós também podemos olhar para os problemas dos outros e achar que isso jamais acontecerá conosco. Especialmente se a nossa jornada pela vida nos levou ao sucesso, segurança financeira e harmonia familiar. Em um momento de vaidade e auto-suficiência, o rei Davi admitiu ter caído na armadilha de se sentir invulnerável: “Quanto a mim, dizia eu na minha prosperidade: jamais serei abalado” (Salmo 30:6). Contudo, Davi rapidamente se deu conta do que estava fazendo e afastou o seu coração da auto-suficiência. Ele se lembrou de que no passado enfrentou adversidades e Deus o livrara: “Converteste o meu pranto em folguedos” (v.11).

Não importa se Ele nos trouxe bênção ou provação, ainda assim Deus merece nossa gratidão e confiança.


PENSE:


"Nos bons e maus momentos, nossa maior necessidade é Deus".




sexta-feira, 29 de outubro de 2010

TELETON 2010



Novembro está chegando e com ele o 13º TELETON!! A abertura será comandada por Silvio Santos na noite do dia 5 de novembro e contará com a presença da madrinha do projeto, Hebe Camargo, além deles, mais de 70 artistas se revezarão no palco. A partir das 23:00h (horário de Brasília) do dia 05/11/2010 no SBT a maratona de mais de 24h de programação tem como objetivo arrecadar recursos para a AACD (Associação de Assistência a Criança Deficiente) e possibilitar que crianças e adultos com deficiência física tenham a oportunidade de ter uma vida melhor!!!







A Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que trabalha há 60 anos pelo bem-estar de pessoas com deficiência física. Ela nasceu do sonho de um médico que queria criar no Brasil um centro de reabilitação com a mesma qualidade dos centros que conhecia no exterior, para tratar crianças e adolescentes com deficiências físicas e reinseri-los na sociedade. Foi pensando nisso que o Dr. Renato da Costa Bomfim reuniu um grupo de idealistas e, no ano de 1950, fundou a AACD.



No começo, a entidade funcionava em dois sobrados alugados na Rua Barão de Piracicaba, na cidade de São Paulo. Mas graças à colaboração dos primeiros doadores, a AACD pôde fundar seu primeiro centro de reabilitação num terreno doado pela Prefeitura, na rua Ascendino Reis.


*Missão: promover a prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência física, especialmente de crianças, adolescentes e jovens, favorecendo a integração social.
*Visão: ser a opção preferencial em Reabilitação e Ortopedia para pacientes, médicos, profissionais da área, convênios e apoiadores, e ser reconhecida pelo seu elevado padrão de qualidade e eficácia, com transparência, responsabilidade social e sustentabilidade.
*Valores: responsabilidade social, respeito ao ser humano e suas diferenças, ética, qualidade, eficácia, competência e transparência.


Há mais de uma década, a AACD realiza o TELETON, que todo ano reúne artistas, apresentadores e personalidades numa maratona televisiva em busca de doações.
Mas os pacientes precisam de cuidado todos os dias. Em qualquer época do ano tem sempre um jeito de você ajudar a AACD a cuidar de crianças, jovens e adultos deficientes físicos.

Para conhecer melhor a instituição acesse:

http://www.aacd60anos.com.br/


TELETON


Com o objetivo de ampliar seu atendimento que até 1998 era centralizado na unidade de São Paulo, a AACD produz o TELETON, uma maratona televisiva que busca conscientizar a população a respeito das possibilidades de um deficiente físico gerando grande mobilização social. Além de prestar contas das atividades realizadas pela AACD, é uma das principais ferramentas de captação de recursos da instituição.


Nos últimos anos, o TELETON conquistou um público cativo que contribui para a AACD alcançar suas metas, que em 2010 é de R$20 milhões. As doações serão destinadas à construção de mais uma unidade. No ano passado, a maratona atingiu R$ 19.355.137 e o dinheiro está sendo utilizado para a construção do AACD de Poços de Caldas (MG) e de dois novos centros de reabilitação na cidade de São Paulo. Só em 2009, a AACD realizou 1.347.777 atendimentos, dentre cirurgias, consultas e terapias.


Além do apoio do SBT, a colaboração e o patrocínio de grandes parceiros é fundamental para o sucesso do projeto. As empresas que apoiam o TELETON são reconhecidas pelos consumidores como corresponsáveis pelas realizações da AACD.


Você pode doar para o TELETON a qualquer momento. Com a sua contribuição, a instituição poderá manter os atendimentos que já realiza e diminuir a fila de espera, hoje com mais de 32 mil pessoas.


Curiosidade:


Criado em 1966 nos Estados Unidos, pelo ator Jerry Lewis, que teve um filho deficiente físico, o TELETON é realizado em mais de 20 países da Europa, América do Norte e América do Sul, anualmente. A América Latina possui uma organização dos países que realizam o TELETON, a Organização Internacional dos Teletons (Oritel). O objetivo da Oritel é favorecer a troca de conhecimento entre os países e instituições, além de possibilitar uma melhor integração entre aqueles que visam uma sociedade mais justa e produtiva para os deficientes físicos de todo o mundo.

As empresas que apoiam causas sociais, como o TELETON, são preferidas por consumidores e formadores de opinião.


Contribua para melhorar a vida de milhares de deficientes físicos.


Ligue agora para 0800 771 78 78 e obtenha mais informações ou acesse:





Em 12 anos de história do Teleton no Brasil, com a sua ajuda, você proporcionou a construção de 7 novos Centros de Reabilitação e a ampliação de 2 já existentes, colocação de 955 deficientes físicos no mercado de trabalho, a produção de quase 500 mil aparelhos ortopédicos, inúmeras cirurgias para crianças com escoliose e o mais importante mais de 4 milhões de atendimentos em todo o Brasil!!





As ligações do numero 0500 são limitadas a 1 ligação para cada valor.
NÃO LIGUE DE CELULAR PRÉ-PAGO


Acima de R$ 60,00 você ganha um boneco Tonzinho ou Nina. Com R$ 100,00 você ganha os dois. São dois bonecos portadores de deficiência para que as crianças possam se acostumar e não fiquem assustadas quando se depararem com outras crianças que sejam deficientes.




Lembre-se que todos nós estamos sujeitos a precisar dos serviços da AACD! Contribua você também!


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dia do Professor


Dedico essa mensagem a todos os meus professores,
que de alguma forma marcaram a minha vida e até
hoje eu guardo comigo seus ensinamentos:
(Transcrito)

As bolas de papel na cabeça,
Os inúmeros diários para se corrigir,
As críticas, as noites mal dormidas...
Tudo isso não foi o suficiente
Para te fazer desistir do teu maior sonho:
Tornar possíveis os sonhos do mundo.

Que bom que esta tua vocação
Tem despertado a vocação de muitos.
Parece injusto desejar-te um feliz Dia dos Professores,
Quando em seu dia-a-dia
Tantas dificuldades acontecem.
A rotina é dura, mas você ainda persiste.

Teu mundo é alegre, pois você
Consegue olhar os olhos de todos os outros
E fazê-los felizes também.
Você é feliz, pois na tua matemática de vida,
Dividir é sempre a melhor solução.

Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida
O teu coração a cada dia,
Dando-te tanto prazer em ensinar.
Homenagens, frases poéticas,
Certamente farão parte do seu dia a dia,
E quero de forma especial, relembrar
A pessoa maravilhosa que você é
E a importância daquilo do seu ofício.

É por isto que você merece esta homenagem
Hoje e sempre, por aquilo que você é
E por aquilo que você faz.
Felicidades!!!


Angela Vauthier

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

A Cura de Elias


(Transcrito)


“... eu fiquei só, e procuram tirar-me a vida”. 1 Rs 19.10b



Deus tratou a depressão de Elias. Deus o tratou por meio da sonoterapia (1Rs 19.5). A depressão deixa a mente agitada. Uma pessoa deprimida fica com o corpo cansado e com a mente inquieta. A mente do deprimido não desliga. Elias precisou descansar para sair do buraco da depressão. O sono é uma das mais importantes terapias para a cura da depressão.

Deus o tratou dando-lhe a oportunidade do desabafo (1Rs 19.9-14). Elias estava dentro de uma caverna, quando Deus lhe perguntou: “O que fazes aí, Elias?”. Deus, assim, o ordena a sair da caverna para destampar a câmara de horror da alma e espremer o pus da ferida. O desabafo é uma necessidade vital para a assepsia da alma. É preciso abrir os portais da alma e quebrar os cadeados dos porões escuros do coração.

É preciso fazer uma faxina interior e deixar que a luz da graça de Deus ilumine a nossa vida e aqueça cada canto frio da nossa alma. Precisamos desabafar com Deus e também com alguém que possa nos ouvir e nos acompanhar.


PENSE:

"Quando descortinamos o coração, Deus pode mandar luz e aclarar a nebulosidade que nos impede de enxergá-lo."




Depressão de Elias - Parte III


(Transcrito)


“Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”. 1 Co 2.9



Deus tratou a depressão de Elias revelando-lhe que o melhor da sua vida estava pela frente (1 Rs 19.15-18). O profeta pensou que o seu ministério havia chegado ao fim. Mas, ele ainda haveria de ungir um profeta em seu lugar, um rei na Síria e, outro para ocupar o lugar do rei Acabe. A depressão nos leva a ter a visão do retrovisor. Uma pessoa deprimida é saudosista. Só consegue ver coisas boas no passado. Ao olhar para o futuro só enxerga tragédia. Precisamos alimentar nossa alma com o tônico da esperança. Não caminhamos para noites geladas, mas para amanhecer cheio de luz. Não caminhamos para um túmulo escuro, mas para a ressurreição. Nosso destino não é a escuridão do desconhecido, mas a glória do céu.

Elias pensou que a vida não fazia mais sentido e, por isso, queria morrer. Mas Deus o levou para o céu sem que passasse pela morte (2 Rs 2.11). Deus o arrebatou ao céu num redemoinho e Elias deixou os trapos da depressão para vestir-se com as roupagens alvas da felicidade eterna.


PENSE:

"Na força do Senhor é possível transformar desertos em mananciais" (Sl 84.6).




Depressão de Elias - Parte II


(Transcrito)

“... e disse: Basta; toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais”. 1Rs 19.4b



Elias perdeu a perspectiva do futuro (1Rs 19.4) e pediu a morte. Ele julgou que o melhor tempo da vida já havia ficado para trás e que o futuro só lhe reservava desespero. A depressão é responsável por outras doenças perigosas e a principal causa de suicídio. Mais pessoas se matam no mundo do que são mortas, ou seja, há mais suicídios do que homicídios. Andrew Solomon, no seu livro “O demônio do meio-dia” define a depressão como um parasita que suga sua seiva e sufoca você até a morte. Estar deprimido é como vestir um terno de madeira. É por isso que as pessoas deprimidas flertam com a morte. Na verdade, elas não querem morrer, mas como a morte é a única saída para a dor que vislumbram, querem morrer.

Elias pediu para si a morte, quando na verdade não sabia o que pedia, pois o plano de Deus era levá-lo para o céu sem que passasse pela morte. Quando estamos encurralados pela tristeza fazemos pedidos precipitados para Deus. É a depressão mostrando a nós toda a feiúra da sua carranca.



PENSE:

"A saída não está na morte, mas em Deus, o Autor da Vida".



Depressão de Elias - Parte I



(Transcrito)

“... se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte...” 1Rs 19.4a



Ele tirou os olhos de Deus e os colocou nas circunstâncias (1Rs 19.2). Num dado momento, Elias pensou que sua vida dependia da ímpia Jezabel e não de Deus. Por isso, temeu e fugiu. Sempre que tiramos nossos olhos de Deus para colocá-los nas circunstâncias adversas afundamos num pântano de desespero.

Elias também entrou na caverna da solidão quando ele mais precisava de pessoas à sua volta (1Rs 19.3). A depressão nos prega essa peça: quando mais precisamos de companhia queremos nos trancar nos quartos escuros. Elias dispensou o seu moço, quando mais precisava dele.

Ele fez uma leitura pessimista da situação (1Rs 19.4,10) e pensou que só ele havia permanecido fiel a Deus naquela avalanche de apostasia, mas Deus lhe afirmou que havia mais sete mil que tinham permanecido firmes na fé. Elias olhou para a vida com óculos escuros. Seu horizonte estava embaçado. Suas esperanças povoadas por um nevoeiro denso. Uma pessoa deprimida é quase sempre assaltada por um pessimismo doentio.



PENSE:

"A solidão é uma péssima companheira para quem está deprimido".

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Por Trás de Portas Fechadas


Por


Xavia Arndt Sheffield (Maryland, EUA)


LEIA Lucas 12.1-3

"Porque tudo o que dissestes às escuras será ouvido em plena luz; e o que dissestes aos ouvidos no interior da casa será proclamado dos eirados." • Lucas 12.3


Durante um ensaio de um musical, ganhei um microfone sem fio, que eu normalmente tinha o cuidado de desligar quando não era necessário. No entanto, naquela noite em particular, eu me esqueci de fazer isso. Quando voltei ao meu camarim, a conversa "privada" entre mim e outro membro do elenco foi transmitida pelo sistema de som no auditório. Todos me ouviram criticando um membro da orquestra. Fiquei horrorizada e profundamente constrangida. Minhas palavras duras não condiziam com a maneira como eu me apresentava.

Na passagem bíblica de hoje, Jesus fala a Seus discípulos sobre a hipocrisia dos fariseus, que exteriormente pareciam perfeitos e eram muito respeitados na comunidade. Mas Jesus, vendo seus pensamentos e conhecendo até suas conversas privadas, os preveniu de que a corrupção de seus corações seria exposta.

Não importa quão perfeitos possamos parecer por fora. Deus conhece a verdadeira condição de nosso coração e os pensamentos por trás de nossas palavras. Quando nos sentirmos tentados a criticar, fazer fofocas ou comentários indelicados sobre alguém, podemos nos lembrar da advertência de Paulo: "A vossa palavra seja sempre agradável" (Colossenses 4.6).


PENSAMENTO:


"Que todas as palavras que eu disser hoje sejam publicáveis".



Sob Cerco


Por

LANA R. VANNARSDALL (KENTUCKY, EUA)



LEIA Jeremias 32.27, 36-41


"Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais". • Jeremias 29.11


A maioria de nós vivencia momentos nos quais sentimos como se estivéssemos sob cerco. Minha amiga íntima vive com dores constantes e terá de se submeter a uma cirurgia de quadril. Outra terminou uma série de sessões de quimioterapia e agora está começando a receber radiação para combater um câncer. Outra enfrenta uma depressão debilitante.

O profeta Jeremias falou a seu povo, que tinha estado, literalmente, sob cerco. Os babilônios os tinham levado cativos. Mas, em seu sofrimento, Jeremias lhes trouxe uma promessa de esperança e um bom futuro: Deus não tinha Se esquecido deles. Deus prometeu: "nunca deixarei de lhes fazer o bem” (Jeremias 32.40). Embora eles sofressem, nunca estariam sozinhos e sem esperança.

Séculos depois, o profeta Jeremias ainda fala a todas as pessoas que se sentem como se estivessem sob cerco. Doenças, guerras e fome afligem nosso mundo. Nessas e em outras situações de cerco, onde podemos encontrar esperança? Quem pode trazer paz ao nosso coração e nos dar forças para continuar? Só Deus pode, e as Escrituras nos asseguram de que nada é difícil demais para Ele. Embora as dificuldades possam marcar nosso caminho, Deus é mais forte e está conosco. Seja qual for a nossa luta, Deus promete nos sustentar.


PENSAMENTO:


"Quando nos sentimos cercados, o amor de Deus é uma forte muralha em nosso redor".


Deus Vê as Tribulações


(Transcrito)


“Contaste os meus passos quando sofri perseguições; recolheste as minhas lágrimas no teu odre; não estão elas inscritas no teu livro?” Sl 56.8



Deus está no controle da situação mesmo quando nós perdemos esse controle. Tiago estava morto, Pedro preso e a Igreja acuada. Herodes parecia um inimigo irresistível. A situação ameaçava a Igreja. O inimigo parecia estar no controle da situação para neutralizar e até mesmo destruir a Igreja. Mas, como o próprio Pedro escreveu: “Os olhos do Senhor repousam sobre os justos” (1Pe 3.12) e no tempo certo, o braço do Onipotente prevalece sobre o inimigo. Deus ainda vê nossas tribulações. Ele vê nossos vales sombrios, nossas noites escuras, nosso choro doído e temores profundos. Ele é o Deus presente, que jamais desampara aqueles que nele esperam.

Deus não desperdiça sofrimento na vida de seus filhos. Quando Ele nos leva para o deserto é porque deseja trabalhar em nossa vida. O deserto é um campo de treinamento. O nosso Deus jamais nos dará uma provação além das nossas forças. Seu propósito não é nos destruir, mas nos fortalecer. Por meio das tribulações forja em nós o caráter de Cristo.



PENSE:

"O deserto é a escola superior do Espírito Santo, onde Deus treina Seu povo para os embates da vida. "



Em Quem Confiamos?


Por

Tim Burleson (Carolina do Sul, EUA)


LEIA Romanos 4.13-22



"O Senhor [...] respondeu a Jó. [...] Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dize-mo, se tens entendimento". • Jó 38.1,4



Durante toda a minha vida, fui um moderno fariseu. Era importante para mim e para minha segurança saber em que acreditar, qual era a verdadeira doutrina, qual pregador tinha a "verdade", qual igreja estava certa.

Em minha mente, eu fazia um jogo: ficaria em paz se descobrisse a "verdade". Essa "verdade" mudava frequentemente a cada dia, mas eu ainda fazia o jogo - para meu próprio prejuízo. Finalmente, escutei a voz de Deus me dizendo:

- "Para que se torturar? Você não conhece todas as respostas e nunca vai conhecer. Eu, sim, tenho as respostas e sou confiável".

Na hora, eu não prestei atenção. Continuei fazendo minhas perguntas:

- "Como o universo foi criado? Como posso saber se a Bíblia é verdade?".

A cada pergunta vinha a mesma resposta:

- "Confie em mim". "Mas, Deus?", dizia eu.

-"Confie em mim", Ele respondia.

-"Preciso de provas", eu dizia.

-"Você precisa de mim", respondia Deus.

Aos poucos, vou absorvendo. Nenhuma doutrina me salva. Nem sequer a Bíblia. Deus é quem me salva.

PENSAMENTO:

"Nossa confiança está no Senhor".




Sofrimento Inevitável


(Transcrito)

“Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós...” 1 Pe 4.12a



Pedro escreveu sua primeira carta para os crentes que estavam sendo perseguidos. Seus bens estavam sendo saqueados. O clima era de tensão e medo. Embora, odiados pelo mundo, eram eleitos de Deus. Embora despojados pelo mundo, eram donos de uma herança incorruptível. Embora, desarraigados de suas terras e sofrendo toda sorte de opressão, eram guardados pelo poder de Deus.

A vida cristã não é uma colônia de férias nem uma estufa espiritual. Pelo contrário, é um campo de batalhas, um caminho juncado de espinhos e o palco de tensão e sofrimento. Neste mundo passamos por muitas aflições. Temos que lidar com a fúria do diabo, com o esquema deste mundo tenebroso e com os impulsos pecaminosos da carne. Ser cristão é viver na contramão desse sistema perverso, é buscar a santidade num mundo que cambaleia e se afunda na impureza. Quanto mais a igreja é fiel a Deus, mais será perseguida pelo mundo, pois todo aquele que quiser viver piedosamente em Cristo será perseguido.


PENSE:

"O sofrimento é a agenda do dia do povo de Deus neste mundo. "




sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Eleições 2010


Amigos, leitores e seguidores

Durante todo esse tempo nunca utilizei esse espaço para falar de assuntos que não fossem relacionados com a Palavra de Deus, até porque o intuito deste blog não é ser um blog pessoal, mas um canal de evangelização e conforto espiritual. Porém, nos últimos dias tenho me sentido incomodada com algumas coisas que estão acontecendo no nosso país que envolve diretamente a Igreja de Cristo, seus líderes e membros: as eleições 2010.

Durante muitos anos foi criado um mito pelas Igrejas Evangélicas, em torno da política, que “crente não se mistura com isso”, como se fosse algo que o impedisse de professar a sua fé e exercer a sua cidadania. Mas até então eu entendia essa posição, diante de tudo o que víamos e ainda vemos acontecer no cenário político com alguns que lá estão: conchavos, corrupção, escândalos, desvios de verbas, legislando em causa própria e tantas outras coisas que não condizem com os princípios éticos e cristãos. Claro que ainda existem pessoas sérias. Com o passar do tempo fomos aprendendo que mesmo sendo cristãos podíamos sim fazer acontecer a história de nossa nação, contribuindo para que os brasileiros pudessem ter dias melhores com leis mais justas.

Começamos a ver despontar no cenário político muitos evangélicos que venceram as eleições com os votos das Igrejas, muitos até lançaram-se com os títulos de “Pastor”, “Presbítero”, “Evangelista”, “Missionário”, "Cantor", mas infelizmente nem todos atenderam as expectativas daqueles que depositaram neles o seu voto de confiança. Muitos se envolveram em escândalos e mancharam assim o nome do Evangelho. Por essa razão muitos conservadores ainda continuam levantando a bandeira de que “crente e política não se misturam”. Infelizmente em parte têm razão, os que defendem essa postura, pois o “poder” cega alguns e com isso esquecem-se dos seus princípios e valores e passam a compactuar com os erros dos outros em nome das famosas “alianças políticas”, o famoso “toma lá, dá cá”. Infelizmente nem todos se portam como José, que chegou a ser Governador no Egito sem nunca pecar contra seu Deus (Gn 39) ou Daniel, que mesmo com o decreto do Rei não deixou de orar ao seu Deus (Dn 6).

Eu sempre gostei de política, não nego, o assunto me fascina, gosto de estar informada sobre os rumos políticos de minha cidade, estado e país; mas sempre me posicionei contra tudo o que fosse de encontro à minha fé e os meus princípios éticos e morais. Evitei me expor esse ano sobre minha opção de voto até uns dias atrás. Mas após ver e ouvir tantas acusações, trocas de farpas pela internet, declarações em blogs, vídeos no Youtube resolvi escrever essa matéria.

Nunca votei em ninguém por pensar: “vou votar nesse(a) porque vai ganhar, não quero dar meu voto a perdedor”, eu sempre votei consciente de que aquela pessoa merecia o meu voto, eu estava acreditando em suas propostas, acreditando que ela poderia fazer a diferença, independente de ter chance ou não de vencer. Comigo é assim: pra ganhar ou perder estou com a pessoa até o fim.

Esse ano a situação está mais complicada do que nunca. Em toda a minha vida, nunca vi tantos evangélicos candidatos, que em alguns momentos ao assistir o Guia Eleitoral eu não sabia se estava vendo uma propaganda política ou um culto na TV. Até que ponto isso é bom ou ruim? Depende de quem é o candidato(a), se tem capacidade de fato de ser um representante do povo, se de fato vai contribuir ou se vai ser um fantoche nas mãos dos mais antigos que já estão acostumados com o “ritmo” das coisas.

Mas o que mais me incomoda no pleito desse ano não é quantidade de candidatos evangélicos, mas o rumo que está tomando a campanha eleitoral. Em nome da política partidária líderes evangélicos estão trocando acusações em tudo quanto é meio de comunicação, uns em defesa do atual Governo, outros, contra, e no final de tudo a confusão vai dando lugar ao escândalo, porque foge do âmbito político e chega ao pessoal.

Não sou e nunca fui simpatizante do partido do atual Governo, e depois de saber com mais detalhes através da mídia (nada fictício ou difamatório, apenas a realidade) alguns dos seus planos futuros para o nosso país, além claro, de acompanhar tudo o que vem acontecendo nesses 08 anos, me vejo no direito de não votar na candidata indicada e apoiada pelo Presidente. O que me deixa mais chocada é ver que muitos não enxergam defeitos ou problemas nesse Governo, que como eu sempre digo, nem Jesus Cristo conseguiu ser unanimidade como tem sido o Presidente da República. Me choca mais ainda é evangélicos que saem em defesa do partido da situação enviando comunicados via e-mail ou Orkut, dizendo que os evangélicos estão sendo “criadores de boatos difamatórios” pois falam mal da candidata do Governo “sem provas”. Se os meios de comunicação são mentirosos, não entendo porquê ainda estão exercendo o jornalismo abertamente, pois a maioria das informações que foram repassadas, estão no Youtube e foram veiculadas em Telejornais de grande repercussão.

O que sei é que muito me espanta esse ano a UNIÃO EM MASSA de pastores evangélicos dando o seu apoio a candidata do Governo após participarem de uma reunião onde ela “desmente” as suas declarações a favor do aborto e outros planos que ferem a fé cristã. Seria muito bom se esses mesmos pastores se UNISSEM para proclamar o Evangelho sem se preocupar com placa de Igreja, sem destaques para seus “ministérios”, com a mesma força e dedicação que estão se unindo para defender a referida candidata. Durante décadas sempre se viu a famosa “divisão”: “Eu sou de Paulo, e eu sou de Apolo” (I Co 3:4), cada um querendo que a sua denominação seja mais famosa que a outra, que seus templos suntuosos apareçam mais que a mensagem do Evangelho, que a sua denominação seja a “mais pura, a mais certa, a mais santa”, mas em se tratando do PODER preferem provar dos “manjares do rei” do que se servir de “água e legumes” (Daniel 1:8). Por que nunca houve uma união desses mesmos líderes para lançar um candidato que representasse a fé cristã para Presidente? Claro que não pode acontecer isso, porque sempre vai prevalecer a “divisão”, nunca que vão chegar a um consenso.

Não estou votando contra o atual Governo por ser massa de manobra, ou “Maria-vai-com-as-outras”. Sei perfeitamente o que quero, sempre votei consciente e até mesmo quando anulei meu voto, tinha consciência do que estava fazendo. O que eu não quero é ser obrigada a aceitar que tudo o que vai de encontro aos princípios bíblicos se tornem normais, naturais tais como o aborto, a prostituição, a união homossexual, e não me venham me rotular de homofóbica (não odeio o homossexual, só não concordo e nem aceito a sua prática) e nem com o papo de que o nosso país é laico, pois se os princípios bíblicos e cristãos não importam, então pra quê as sessões nas Câmaras de Vereadores ou Assembléias Legislativas dizem que é “em nome de Deus” que elas estão tendo início? Se é um estado laico, por que tem esse preâmbulo na Constituição Federal: “Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”.? Infelizmente com o passar dos anos as pessoas estão se distanciando de Deus, do Deus único e verdadeiro e cada um está vivendo de acordo com o deus que idealiza, por isso o mundo está desse jeito. Muito me entristece ver líderes evangélicos firmarem aliança com políticos que defendem veementemente tais práticas como se isso fosse normal. Se hoje não combatem, futuramente não terão do que reclamar, pois fizeram parte da aliança política que levou ao poder essas pessoas.

Sei que a grande tribulação virá, não há como anular esse acontecimento, mas só será vencedor aquele que permanecer fiel: “Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apocalipse 2:10). Não é porque temos que passar pela tribulação que teremos que ser coniventes com o que ela trará.

Não acredito que nos dias atuais possamos proclamar: “Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor” (Salmos 33:12) porque não estamos vivendo nos tempos bíblicos, em que TODOS seguiam o que o DEUS TODO-PODEROSO falava através de seus profetas. Vivemos numa nação onde existe a pluralidade de crenças e religiosidade, e cada um quer valorizar a sua. Mas também não sou obrigada a dar o meu voto a quem vai de encontro a minha fé, se tenho liberdade de expressão eu voto em quem eu quero. E também não sou obrigada a aceitar que me “enfiem goela abaixo” todo e qualquer tipo de lei que venha ferir meus princípios éticos e cristãos. Também não voto num evangélico APENAS porque ele é evangélico, preciso ver se ele tem uma conduta de fato de cristão para que eu possa votar nele. Portanto, mesmo que tudo o que hoje o atual Governo “desmente” do que foi noticiado aconteça de fato, as leis sejam aprovadas, cristãos, pastores e Igrejas sejam perseguidos, prevaleça o que o partido defende, eu terei a minha consciência tranquila de que NÃO FOI COM O MEU VOTO que eles chegaram ao poder.

“Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome... Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.” Apocalipse 3: 8, 10, 11
Que Deus nos ajude nesse dia 03 de Outubro a votar com a razão e não apenas com a paixão e a emoção. Não por cor de bandeira partidária, mas pela bandeira dos princípios morais e éticos que devem reger a nossa vida.
(Angela Vauthier)

A "Vacina" de Deus


Por

Daniela Leão Siqueira (São Paulo, SP, Brasil)


LEIA Salmo 139.1-4


"Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço não o sabes agora; compreendê-lo-ás depois". • João 13.7


Levei minha filha, Juliana, de um ano e quatro meses, para tomar vacinas. Preparei-a no caminho, avisando que iria doer, mas que seria para seu próprio bem. Ao ouvir o choro de minha filhinha, indefesa e imobilizada no meu colo, ao sentir a dor da agulha em sua frágil perninha, não resisti e chorei. Não podia fazer nada para impedir que ela passasse por aquela dor.

Enquanto voltávamos para nossa casa, tentava, sem sucesso, consolá-la: "Eu sei que doeu, mas é para evitar que você fique doente", eu disse, na tentativa de justificar minha "omissão". Mais tarde, enquanto acariciava seus cabelos para que ela dormisse, percebi que é exatamente por esse motivo que Deus permite que eu sofra: para vacinar-me.


Se o organismo de Juliana reagir bem à vacinação (e isso implicará, talvez, febre, dores e mal-estar), ela estará protegida contra a pneumonia e a gripe. Do mesmo modo, se eu enfrentar minhas "dores" de uma maneira eficaz, minha mente e meu coração estarão protegidos da tristeza, da acomodação e do desânimo. Entendi que Deus, que cuida de Seus filhos e filhas melhor do que eu, ao permitir meu sofrimento, está praticando um ato do mais sublime e esplendoroso amor. Deus não está alheio ao meu sofrimento. Ele espera, ansiosa e amorosamente, que eu "reaja", supere a dor e cresça forte e saudável, em sabedoria e graça, na Sua presença.


PENSAMENTO:


"Deus espera, ansiosa e amorosamente, que permitamos que o sofrimento nos traga maturidade. "



quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Transformador de Histórias



(Transcrito)


“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. II Co 5.17


O Saulo perseguidor tornou-se o Paulo perseguido. Desde sua conversão entregou-se de corpo e alma à pregação do evangelho. Como um mártir tombou na terra, mas como um príncipe de Deus foi recebido no céu. Ainda hoje, nenhum rei, nenhum filósofo, nenhum pensador jamais teve a mesma projeção na terra. Sua vida ainda inspira milhões de pessoas e, mesmo morto, ainda fala e fala com poderosa eloquência aos ouvidos da história.

A vida desse bandeirante do cristianismo nos mostra que não há casos perdidos para Deus. Revela-nos que Deus pode transformar o pior inimigo no maior aliado. Demonstra-nos que quando Deus age, ninguém pode resistir à graça soberana que predestina e glorifica. A vida de Paulo nos encoraja a jamais desistir de esperar a conversão dos nossos entes queridos, ainda que humanamente isso pareça impossível. A vida desse gigante da evangelização nos motiva a crer que Deus reverte as situações mais desesperadoras, transformando-as em cenários de gloriosa esperança!


PENSE:

Paulo se humilhou ao comando do Senhor Jesus e sua vida foi transformada. E você, o que está esperando?



Queixas! Queixas!


Por


Jacqueline Leaycraft (Califórnia, EUA)


Leia Filipenses 2.14-18



"Fazei tudo sem murmurações". • Filipenses 2.14



As filas no supermercado eram longas. Somente dois caixas estavam funcionando, enquanto outros seis estavam fechados. Era o fim de um dia de trabalho para a maioria dos que aguardavam nas filas. A frustração tomou conta e eu fiquei ali me queixando, como as outras pessoas: "É preciso abrir outros caixas!"

"O que aconteceu com o serviço de atendimento ao cliente?"

Relaxando mais tarde, naquela mesma noite, assisti ao noticiário. Uma das histórias era sobre uma ação de solidariedade numa região pobre da cidade onde estavam doando roupas, sapatos e material escolar para crianças necessitadas. Muitos pais sem-teto e de baixa renda haviam acampado durante quatro dias numa calçada, em favor de seus filhos. E eu me queixando de ficar 15 minutos numa fila no supermercado! Que tipo de testemunho cristão eu tinha dado?

Nossa paciência e calma podem brilhar como um farol num mundo sombrio e perverso. Você está brilhando, ou sua luz está toldada por queixas? Cada um de nós pode optar por brilhar para Deus.


PENSAMENTO:


Para cada queixa que fizer, pense em três motivos de gratidão.




Mudança de Rumo


(Transcrito)


“O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia”. Pv 28.13


O verdadeiro arrependimento atinge a vontade. É dar meia volta e voltar-se para Deus. Judas deu os primeiros passos do arrependimento. Ele confessou o pecado e sentiu tristeza a ponto de devolver o dinheiro recebido pela traição. Porém, não deu o último passo, não se voltou para Jesus. Apenas a consciência do erro e a correspondente tristeza não são suficientes.

É preciso exercitar a vontade e correr para os braços do Pai. O filho pródigo caiu em si e voltou para a Casa do Pai. Se ele tivesse apenas lamentado sua condição e permanecido na pocilga, ele teria perecido. Mas, voltou e encontrou o abraço da reconciliação e a festa da salvação.

Você já se arrependeu de quem você é e do que você tem feito contra Deus? Você tem produzido frutos dignos de arrependimento? Ou você ainda se deleita naquilo que Deus abomina? Não há fé salvadora sem arrependimento do pecado. A porta do céu jamais se abrirá para aqueles que não entraram, aqui, pela porta do arrependimento.


PENSE:

"Hoje é tempo de se arrepender".




Nos Braços de Deus


Por
Ivelina Karalambeva (Varna, Bulgária)


LEIA Salmo 94.14-24



"[Deus disse:] De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei." • Hebreus 13.5



Nunca pensei que, um dia, eu viveria sozinha, sem meu querido e amado marido. Mas aconteceu; ele morreu jovem e eu tive de me habituar a novas circunstâncias e a um novo rumo em minha vida.

Uma vez, quando me sentia particularmente solitária, abri minha Bíblia, certa de que Deus me consolaria. Não me lembro qual passagem li, mas lembro que me senti como que aninhada nos braços de Deus. Jamais me esquecerei daquele toque amoroso e terno e de como fiquei tomada de uma alegria que somente as pessoas amadas podem sentir.

Nós jamais estaremos verdadeiramente sós, porque Deus nos oferece uma grande dádiva: amor rico e abundante. Esse amor é incondicional e interminável. Nosso Salvador está muito mais próximo de nós do que qualquer pessoa poderia estar neste mundo.


PENSAMENTO:


"Deus nos oferece um conforto que nenhum ser humano consegue igualar".

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Medo


Por

Grupo Minutos com Deus


"O SENHOR dá força ao seu povo, o SENHOR abençoa com paz ao seu povo." (Salmo 29:11)



O medo é um sentimento comum. Aparece nas mais diversas circunstâncias. Tem a ver com o inesperado, o desconhecido, com aquilo que gera ameaça, perigo, com as situações sobre as quais não temos controle. Tem gente que tem medo de altura, medo de escuro, medo de dirigir.

O problema é quando o medo invade a vida e se instala no coração humano sem uma razão aparente. Sem pedir licença ele vai tomando conta de áreas da vida sobre as quais tínhamos todo o controle antes. Ele paralisa, impossibilita a realização de tarefas, causa inquietação, rouba o sono, tira a paz e a alegria de viver.

Provérbios 3:24 diz: "quando se deitar, não terá medo, e o seu sono será tranqüilo". Puxa, que alívio! Dormir sem medo, viver sem medo. Simplesmente, viver ! O livro de Provérbios é um livro de sabedoria. Ensina a gente a viver a vida da melhor maneira e a ver e antever coisas que podem comprometer a qualidade e tranqüilidade da nossa vida e de nossos relacionamentos.

Viver uma vida com sabedoria começa num relacionamento vivo com Jesus, expressão humana de Deus, cuja vida demonstra o poder da Palavra de Deus. E como obter sabedoria? Peça a Deus (Tiago 2:5 e 6) e a busque de todo coração na comunhão com o Filho e no temor a Deus. (Salmo 111:10) Comece olhar para vida a partir das verdades da Palavra e do amor de Deus por você e não a partir de seus medos e angústias.

Lembre-se do que disse o apóstolo João: "o amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo." (I João 1:18) e veja "como é grande o amor que o Pai nos concedeu: sermos chamados filhos de Deus." (I João 3:1)

Descanse. No fim do dia, deite e durma sem medo; em paz. Viva com sabedoria. Não se preocupe com o que está além do necessário. Confie no Senhor e substitua o medo pelo amor de Deus em seu coração. Durma bem e viva melhor!

Sinais na Neblina


Por


Brian Gaunt (East Yorkshire, Inglaterra)

LEIA 1 Coríntios 2.6-16



"Andamos por fé e não pelo que vemos". • 2 Coríntios 5.7



Às vezes, jogo golfe com amigos pela manhã, em meio a uma espessa neblina. Nós jogamos mesmo nessas condições, porque apreciamos o jogo e, normalmente, o nevoeiro é temporário. Mas, apesar de acharmos que conhecemos bem o percurso do golfe, no meio da neblina ele pode se tornar confuso e intimidante. Nossa confiança desvanece. Então, ouvimos os jogadores à nossa frente, que gritam em meio ao nevoeiro, informando que o caminho está desimpedido. Encorajados pela direção da voz, fazemos nossas jogadas com mais confiança. Depois, quando somos nós a desaparecer na neblina, gritamos para os que vêm atrás, para orientá-los na direção certa. Essa ajuda prossegue até que o nevoeiro se esvaia e consigamos enxergar claramente o caminho à frente.

Isso se parece muito com nossa jornada cristã! Quando ficamos confusos ou quando deparamos com palavras das Escrituras que não compreendemos, precisamos que nossos amigos cristãos nos assegurem: "Este é o caminho". Nós não desistimos porque amamos a Deus e sabemos que a neblina que turva nosso caminho é apenas temporária. Em breve, o nevoeiro se desvanecerá e, mais uma vez, veremos o caminho à nossa frente.


PENSAMENTO:


"Quando estamos perdidos, Deus Se oferece para nos ajudar a encontrar um caminho. "





Longe do Nosso Alcance


(Transcrito)

"Suportai-vos uns aos outros". Colossenses 3.13



Israel não podia fazer nada a respeito dos seus inimigos. Estes eram muito mais treinados e organizados e estavam estabelecidos na terra. Israel era muito numeroso, mas sem uma estrutura definida. De fato, as coisas deveriam seguir um ritmo menos apressado a fim de que a precipitação não comprometesse todo o projeto de conquista. Por isso, o Senhor declarou: Não os lançarei (os inimigos) de uma só vez. Pouco a pouco os lançarei de diante de ti (Êx 23.29-30).

Na solução de problemas vamos nos deparar com o fato de que nem tudo vai depender de nós. Há outros atores envolvidos e as coisas podem levar bem mais tempo do que o desejável.

Podemos não discernir completamente a realidade, mas os problemas trabalham no sentido de exercitar a nossa paciência, nos ajudando a sermos mais tolerantes. A Palavra de Deus nos ensina que devemos ser pacientes na tribulação (Rm 12.12) e suportarmos uns aos outros (Cl 3.13).


PENSE:

"Há coisas que estão ao nosso alcance; há coisas que não estão ao nosso alcance; o segredo é saber reconhecê-las".

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O Amor Que Celebra


(Transcrito)


“Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida”. Lc 15:6b



Nas três parábolas de Lucas 15: da ovelha perdida, da dracma perdida e do filho perdido encontramos o mesmo desfecho, a celebração festiva pelo encontro do que estava perdido. Há mais alegria por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove que pensam que não precisam de arrependimento (Lc 15.7). Há júbilo diante dos anjos de Deus por um só pecador que se arrepende (Lc 15.10). Há festa na casa do pai, quando o pródigo volta ao lar (Lc 15.23,24). Deus festeja e celebra a nossa volta para ele. Que sublime o amor de Deus!


Você tem um valor infinito para Deus. O pastor perdeu uma ovelha dentre cem; a mulher uma dracma dentre dez e o pai, que tinha dois filhos, viu um abandonar o lar. O pastor não desistiu da ovelha. Ele foi atrás dela até encontrá-la. A mulher não se conformou em perder uma das moedas. Acendeu a candeia, varreu a casa até encontrá-la. O pai jamais desistiu de esperar o filho voltar para seus braços. Deus se importa com você. Ele ama você com amor eterno.


PENSE:

"Deus não cessa de procurar você para perdoá-lo e celebrar a sua volta".



Eleito Para os Desígnios de Deus


Por

Angela Steed (FLÓRIDA, EUA)

LEIA Jeremias 1.4-10


"Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações". • Jeremias 1.5


Quando era criança, você quis ouvir a história de quando nasceu? Esta é a história que minha mãe costumava me contar: em 1975, na Coréia do Sul, um policial me encontrou, abandonada, numa trincheira cheia de gelo. Fui levada para um orfanato, onde, depois, minha mãe adotiva me escolheu, entre muitos e muitos bebês.



Eu detestava essa história e nunca a repetia a ninguém. Sentia-me envergonhada por ter sido abandonada ao acabar de nascer. Não era suficientemente especial para meus pais biológicos me manterem e nem sequer importante o bastante para ser largada à porta de alguém.



Pelas alegrias e mágoas vividas durante meu crescimento, hoje posso refletir sobre meu humilde começo e compreender que Deus me escolheu para a minha família adotiva. Deus sabia que eu precisava deles tanto quanto eles precisavam de mim.



Deus, muitas vezes, usa pessoas que o mundo não escolheria para influenciarem outras. Moisés era "pesado de boca e pesado de língua"; Jeremias "não passava de uma criança"; a mulher do poço era uma rejeitada social; Raabe era uma prostituta. Deus escolhe tais pessoas para no mostrar que, independentemente de onde começamos, se permitirmos que Ele nos forme e nos molde, podemos fazer diferença no Seu mundo.



PENSAMENTO:



"Não importa quem somos nem de onde viemos, Deus pode fazer uso de nós".






O Fim da História


(Transcrito)


“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. Rm 8.28



O pessimismo é uma marca registrada dos nossos dias. Analistas políticos, cientistas sociais e economistas preveem um fim catastrófico para a humanidade. Os tempos áureos do ufanismo naufragaram diante da realidade inegável das tragédias que desabaram sobre o ser humano no século passado.



Mas será que a história caminha como um trem descarrilado ladeira abaixo? Será que o mal prevalecerá sobre o bem? A resposta das Escrituras é um sonoro não. Deus está no trono. Ele reina. As crises e as contorções da história não abalam o trono do Todo-poderoso. No fim da linha não está o triunfo do mal, mas a vitória de Deus e da sua igreja.



Jesus Cristo vai voltar. Sua segunda vinda será gloriosa e vitoriosa. Jesus virá como Rei dos reis e Senhor dos senhores, como juiz dos vivos e dos mortos. Ele se assentará no trono da sua glória e julgará as nações. Aqueles que engordaram seus corações com os prazeres do pecado e zombaram da graça de Deus, receberão a justa condenação de seus atos.


PENSE:

"Deus conduzirá a sua história para um fim glorioso".



Acionando Nossa Fé


Por


Gabriela Marquez Gomes (DISTRITO FEDERAL, MÉXICO)

LEIA Mateus 17.14-20


E ele lhes respondeu [...] Em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá e ele passará. Nada vos será impossível. • Mateus 17.20


Num começo de tarde, meu filho de nove anos me pediu para fazer hambúrgueres para o jantar. Disse-lhe que podíamos ter hambúrgueres grelhados e ele ficou contente, porque queria ajudar a acender o carvão. Mas, após 30 minutos, ficou frustrado. Ele disse: "Mãe, acho que ainda vai demorar para a gente comer e eu estou com fome".

Eu lhe disse: "Não se preocupe. Tudo que precisamos fazer é acender um pequeno pedaço de carvão para começar. Depois disso, não vai demorar muito".

O ato de acender o pequeno pedaço de carvão me fez lembrar um retiro espiritual de que participei. Refleti sobre todos os problemas que vinha vivendo e que tinham me afastado de Deus, testado minha fé e aniquilado a esperança em meu coração. O retiro foi a fagulha de que precisei para acender minha fé e confrontar as dificuldades de minha vida. Assim como o fogo começa por um pequeno pedaço de carvão, nossa fé pode se acender com uma pequena (mas verdadeira) dose de amor e certeza de que Deus não nos abandonará.


PENSAMENTO:


"A cada dia, mantenha acesa a chama da esperança e da fé. "





sábado, 4 de setembro de 2010

O Amor Que Procura


(Transcrito)


“Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou, e, compadecido dele, correndo, o abraçou, e beijou”. Lc 15.20



Deus é representado pelo pastor que procura a ovelha perdida, pela mulher que procura a dracma perdida e pelo pai que corre para abraçar e beijar o filho que retorna ao lar. O amor de Deus é incansável no propósito de buscar o perdido. Deus nos atrai para si com amor. Ele não abre mão de nos ter para si. Deus não abdica do direito de nos conquistar com seu amor. Deus nos busca mesmo quando não o buscamos.

Se Deus não nos buscasse, jamais poderíamos encontrá-lo. A ovelha desgarrada e caída não poderia salvar-se a si mesma. A dracma perdida não poderia encontrar-se a si mesma. O filho pródigo não poderia ser aceito de volta se o pai não o acolhesse. O pecado nos afastou de Deus. O diabo cegou o nosso entendimento. O erro nos trouxe escravidão e morte. A não ser que Deus nos estenda a mão, jamais poderemos nos levantar. A não ser que Deus nos infunda vida, jamais poderemos levantar-nos dentre os mortos. A nossa esperança está no fato de que Deus nos ama e jamais desistiu de nos procurar.


PENSE:

"Deus nos ama, não por causa de nós, mas apesar de nós".






Oração Intercessora


Por


John Eyberg (Oklahoma, EUA)


LEIA 1 Timóteo 2.1-6


"Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros". • Filipenses 2.4


Quando uma pessoa me pede para orar por alguma necessidade especial em sua vida, prometo com facilidade. No entanto, cumprir a promessa não é assim tão fácil. Outras preocupações e atividades muitas vezes interferem nesse que é o mais sagrado dos compromissos - o de elevar uma pessoa ao canal da graça de Deus. Porém, quando persevero nisso, torno-me um elo na corrente que inclui outros intercessores e intercessoras. Por outro lado, quando negligencio a oração, nego a mim mesmo o privilégio de me ligar a pessoas fiéis, que estão cumprindo sua promessa sagrada.


Por isso, para me ajudar a lembrar de orar pelas pessoas ou por situações particulares, carrego em meu bolso um pequeno elo quebrado de uma corrente. Sempre que coloco a mão no bolso, sinto o elo e me uno a outros em oração. Orar com e por alguém é um grande privilégio e permite uma santa intimidade que não pode ser reproduzida.


PENSAMENTO:


"Orar pelas pessoas nos une a elas com cordões de amor".









segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Segundo o Coração de Deus


(Transcrito)


“Jovens, eu vos escrevo, porque tendes vencido o Maligno”. 1 Jo 2.13b



Ser jovem crente hoje não é uma tarefa para covardes. É preciso ter fibra e coragem para ser diferente e inconformado num mundo que exalta o pecado e zomba da virtude. É preciso determinação para ser santo num mundo onde a moda é a cobiça e a sensualidade.

O jovem crente é forte porque emprega suas energias não para ceder aos apelos do pecado, não para fazer a vontade da carne, não para amar o mundo e as coisas que há no mundo; mas, emprega sua força para fazer a vontade de Deus que permanece para sempre. O jovem crente é forte porque escolheu a vida e não a morte, a santidade e não a impureza, a virtude e não o vício, a pureza e não a luxúria.

O jovem crente é forte porque decidiu ser luz e não trevas, ser sal e não chão batido pisado pelos homens. Ele é forte porque numa sociedade conformista, preserva seus absolutos. Ele é radical por Jesus. Ele não negocia sua fidelidade a Deus, não vende sua consciência e nem se compactua com a iniquidade.



PENSE:

"O jovem crente é forte porque é aliado de Deus, o vencedor, e não do diabo, o derrotado."




A Banalização do Sexo




(Transcrito)

“Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição”. 1 Ts 4.3



Os nossos dias são caracterizados pela sexolatria e divinização do corpo, bem como pela exaltação do prazer. É o desfraldamento das bandeiras da satisfação dos desejos imediatos. O sexo hoje é explorado, comprado e vendido.

Ele se tornou veículo de comunicação. O sexo foi liberado e banalizado. As pessoas são bombardeadas por sexo vinte e quatro horas por dia: é a televisão, é o cinema, é o teatro, é a literatura a protagonizarem a prática do sexo antes e fora do casamento.

A intimidade no namoro, por exemplo, é muito perigosa. É como uma droga: aos poucos e a cada dia é preciso ir aumentando a dose para a “satisfação”. Muitos dizem: “Eu sei até onde eu posso ir, eu conheço os meus limites” e quando menos esperam estão caídos, humilhados, envergonhados. É preciso estabelecer limites. É preciso não abrir precedentes em termos de carícias. É preciso cuidado para que os namorados não fiquem muito tempo sozinhos. O isolamento é terreno perigoso.


PENSE:

"O sexo antes do casamento não é prova de amor, pois o amor é paciente e tem domínio próprio".

sábado, 28 de agosto de 2010

Comunicação Saudável


(Transcrito)


“[...] feriu o Senhor a Nabal, e este morreu”. 1Sm 25.38



A língua pode dar vida ou matar o casamento. Pode ser remédio ou veneno, fonte de vida ou de morte. O casal precisa ter sensibilidade para se ouvir e pressa para atender as suas necessidades. Deve ser companheiro, confidente, consolador. Deve ser pródigo nos elogios e cuidadoso nas críticas; pontual nos compromissos, verdadeiro nas palavras e leal nas atitudes. Deve tratar o cônjuge com carinho na intimidade e com respeito em público. Valorizar seus dons e encobrir suas deficiências. Ministrar a abundância do seu amor e não lhe sonegar o seu perdão. Nada mata mais o romantismo no casamento do que uma comunicação rude.

A Bíblia fala acerca de Nabal, marido de Abigail. Ele era um homem rude e duro no trato. Suas palavras eram ferinas. Ele era um homem intratável. Tinha mania de grandeza. Queria ser o que não era. Era beberrão, briguento. Seu fim foi trágico, sua história um rastro de vergonha. Não há relacionamentos saudáveis sem uma comunicação generosa.


PENSE:

"Não há casamento feliz sem uma comunicação saudável".

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Que Tipo de Marido é Você?


(Transcrito)

“Maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja...”.

Efésios 5:25



Existem vários tipos de maridos: uns insensíveis, outros ditadores, outros distraídos. Existem também aqueles que são amáveis e cuidadosos. Qual é o padrão de Deus?

Cristo exerceu a sua liderança para benefício da Igreja. Como cabeça, Ele não foi tirano, nem insensível; mas serviu à Igreja. Nada contraria mais o ensino bíblico sobre a família do que um marido insensível e duro no trato.

O marido deve tratar a esposa com dignidade, considerando-a como o vaso mais frágil. Cristo como cabeça da Igreja tratou-a com ternura. Serviu-a com doçura. Assim também o marido deve cercar a esposa de cuidado e afeto.

A exigência de Deus para o marido é ser igual a Cristo no amor. É um amor que se dá sem reservas. É um amor perseverante. É um amor sensível às necessidades da esposa.

É um amor que bane a crítica mordaz, a comparação humilhante e adiciona o elogio sincero e o estímulo. É um amor que valoriza a esposa, reservando tempo e atenção para ela.


PENSE:

"Amar a esposa como Cristo amou a Igreja é ordem e não opção".