terça-feira, 15 de março de 2011

Superman e Mulher-Maravilha Convertidos


Por


Angela Vauthier




Se você, assim como eu, achou que se tratava dos atores que interpretam esses personagens terem se convertido ao Evangelho, engana-se!

No carnaval desse ano uma banda secular chamada “Leva Noiz” fez uma música onde manda a Mulher-Maravilha fugir com o Superman que na verdade a letra não tem muito o que se ver, ou melhor, se ouvir. Fiquei pasma quando me deparei com o vídeo no Youtube de uma Banda Gospel baiana de Camaçari, chamada Lemirah que resolveu mudar o destino dos dois personagens.

Aqui está letra da música:

“Jauá, Arembeque, Guarajuba, a Lemi chegou viu?
E esse é o sucesso do verão: SUPERMAN SE CONVERTEU.”

Olha aê pra Glória de Deus Superman se converteu
Vou lhe contar como foi que isso aconteceu
Mulher-Maravilha e Superman fugiram do mundo e foram pra Igreja
A Liga da Justiça aceitou a Jesus. “Simbora”!

Só quer orar, só quer orar, só quer orar, só quer orar,
Só quer orar, só quer louvar, pro o mundo não quer voltar
“Eles não querem mais voltar para o mundo, as coisas velhas se passaram!”
Só quer orar, só quer orar, só quer orar, só quer orar,
Só quer orar, só quer louvar, pra o mundo não quer voltar

A Mulher-Maravilha desapareceu aonde foi que ela se meteu?
Fugiu do mundo com Superman se converteu.
A Liga da Justiça aceitou a Jesus. Agora!

Só quer orar, só quer orar, só quer orar, só quer orar,
Só quer orar, só quer louvar, pro o mundo não quer voltar

Em consulta a uma matéria sobre a banda no site (http://soukareta.com/blog/?p=181 ) encontrei essas declarações:
soukareta.com: Qual mensagem vocês querem levar com essa música?
Zé Groove Produtor – Baterista: A música é Profetizando que o Superman e a Mulher-Maravilha se converteram, que eles não fugiram e sim se acharam com Cristo.
soukareta.com: Banda “Lemirah” qual seu significado?
Zé Groove Produtor – Baterista: Lemirah significa Libertar. E esse é o nosso propósito de libertar e ganhar almas para Cristo através desse ritmo que escolhemos para louvar a Deus.
soukareta.com: O estilo musical “groove arrastado” claramente sofre discriminação no meio evangélico como vocês encaram isso?
Zé Groove Produtor – Baterista: Hum citou o assunto-chave rsrs. Sofremos muito preconceito por ser Groove arrastado, mas nenhum tipo de preconceito vai nos tirar da visão de adorar a Deus com esse ritmo, quanto mais preconceito, mais vontade nós temos de tocar.
soukareta.com: Os membros da banda congregam em que Igreja? E vocês são de que região?

Zé Groove Produtor: A banda tem integrantes de várias denominações. A banda é de Camaçari.

Neste mesmo site algumas pessoas se posicionaram quanto à letra e o ritmo da música e o Zé Groove respondeu alguns comentários. Aqui estão apenas as respostas aos comentários da maneira como ele escreveu:

Zé Groove disse:
31 de janeiro de 2011 às 16:27

Resposta a Aos Albert ! rsr Queridos Boua Tarde , Estou aqui para esclarecer , se os arranjos ou a letra estar ruim éee eu poderia te conhecer antes pra vc por um melhor td bem, agora a musica liga da justiça da banda Leva noiz os arranjos são totalmentes diferente, o nosso não tem nada haver com eles !.
Nós Não gravamos a música pensando em Marketing, Marketing é consequençia, gravamos a música no intuito de uma brincadeira que surgil entre a banda,
Agora Não vamos fazer papeis aqui de criança blz, A liga da justiça são personagem de um desenho animado, no desenho não fala que eles são crentes,ou do candoblé,catolicos – Pra ums ele fugiram e tals! rsrs então o nosso superman e mulher maravilha se converteu, se o deles fugiu o nosso se converteu,
alguem pode fazer outra música e dizer que eles estão no candoblé rsr
Mas agradeço pela opinião dos Albert, pelas irônias .
Mas crente é assim! se é algo bom Fala! se é algo ruimm Fala! quer ser santo pede a Deus Pra Ser Arrebatado.
Zé Groove disse:
1 de fevereiro de 2011 às 15:13
Analisei Todos Os Comentarios, Ums Min disseram que eu não sei escrever,outros min chamaram de crente safado, e etc…. só sei de uma coisa o unico que tem o poder de julgar é Deus, grandes exemplos vcs estão dando aqui, discutindo pq de uma música, ao invés de discutir vc poderia ta pegando um email de um drogado Oo escrever uma carta com a penas uma Frase. JESUS TE AMA.
Isso Vcs N fez concerteza!! A realidade é que hoje em dia os “cristão” não estão pensando mas ganhar almas todos estão querendo adquirir é a sua salvação !.
Temos que entender que estamos dentro de um jogo! O diabo tem seus capangas, Deus Vem com seus servos, e tem as pessoas que estão perdidas essas pessoas perdidas elas tem uma escolha ou diabo ou Deus, Então banda lemirah estar nesse jogo, e quantos mas almas nossa banda conseguir alcançar pra Deus Vamo fazer o Impossivel, não importa como, se uma alma perdida for pra o lado de Deus isso vai ser ótimo!!
A música não é um plagiio, Entendem como quiser! como foi falado o importante foi a intensão que foi feita a música.
Zé Groove disse:
3 de fevereiro de 2011 às 3:28
Ola Mas UMa Vez Ao Mano Albert, NOssa!! Não Penseii Que A música Fosse criar essa polemica Toda! rsrsrrs
Estou Muito Feliz Por Cada Comentario, Serio mesmo. Não estou Aqui Pra Descutir, Mas sim pra dar um basta nesse debate. ((OPINIÃO)) Todo mundo Tem A sua, Eu nunca Vou poder botar Na Cabeça de todos Que A música é boua. todos vão ter sua opinião,
Então Gente Vamo Fazer O seguinte? Quem Gostou Da Música Escuta, quem não gostou Não escuta, Simples Assim.
E Todo Mundo Aqui Sabe Que Ja estamos no fim Dos Tempos, Não Precisa Aparecer uma música desse tipo Pra Falar Sobre isso, Então Vamo entrar em Outro Acordo Aqui? Vcs Falam que é Fim dos tempo que apareceram falsos profetas e tals, no popular chamando a banda de falsos profetas nehh isso? então pronto axem o que quiser Salvação é individual se a banda vai pro inferno é problema nosso, cada um sabe do seu coração.
Enquanto Ao Albert, Mano Ja deu Pra Vc nehh? Nem ta parecendo que a banda quer se promover com a música, mas ta parecendo que vc ta aproveitando a ocasião de muitos acessos pra se alto promover, ((Eu Fasso e Aconteço tals)) Ahhhhh!!
E Temos sim video com a musica, sendo tocada em uma igreja qudrangular aqui em camaçari! O video estar sendo editado pela produção da banda e breve estará aqui no site Sou Kareta. Valeu
Um Abraço A todos.

Bom após ler a entrevista e o posicionamento do produtor pude confirmar o que eu já imaginava: a composição na verdade foi fruto de uma brincadeira e que os componentes da Banda não têm nenhum compromisso com o Reino de Deus.

Infelizmente já se foi o tempo em que alguns cantores evangélicos, hoje chamados de cantores ou artistas gospel, buscavam a inspiração para suas composições após muitos dias de oração, jejum e leitura da Bíblia para que seus hinos (como eram chamados antigamente) pudessem tocar a vida daqueles que ouvissem. Outros cantores até mesmo para realizar a gravação do seu disco (na era do Long-Play) entravam em estúdio em jejum para que Deus abençoasse o trabalho. Para estes, o compromisso em primeiro lugar era com o Reino de Deus, levavam a sério o significado do que é louvar. (Louvar: v.t: Exaltar, glorificar: louvar a Deus. Dispensar elogios a alguém, decantar-lhe os méritos).

Com o passar do tempo as coisas foram evoluindo e novos cantores surgiram. Com o advento do CD a tecnologia passou a fazer parte das gravações, mixagens de alta qualidade, o mercado fonográfico começou a ser mais exigente e com isso as gravações ficaram mais “profissionais” que espirituais. Alguns cantores optaram por músicos mesmo que não sejam evangélicos para compor a ficha técnica de seus discos, mas que sejam profissionais. Nas capas dos LP’s, era comum vermos o Pastor do cantor apresentando-o ao público, falando do seu chamado para o ministério do louvor. Hoje tem alguns casos que a gente não sabe nem se o cantor faz parte de alguma Igreja, quanto mais se tem um Pastor que lhe apresente. A preocupação com as capas dos discos hoje é a qualidade das fotos, é um verdadeiro book de modelo fotográfico, são tantas poses e roupas diferentes que enchem o encarte do CD. Sem falar no abuso de photoshop em alguns, que quando os vemos pessoalmente achamos que é uma outra pessoa de tanta diferença que o recurso fez na capa do CD. Não sou contra que se faça o melhor pra Deus, afinal Ele merece. E se no mercado secular a qualidade é excelente, por que não fazer para Deus também com excelência? Mas que não se esqueça que o intuito maior é de glorificar o nome do Senhor.

Mas uma outra “onda” começou a surgir no final dos anos 80, discretamente começaram a aparecer os “covers” dos cantores seculares. Os primeiros que eu tenho lembrança foram de Roberto Carlos e Agnaldo Timóteo, era interessante quando se questionava a semelhança e eles afirmavam que era mera semelhança vocal. De lá pra cá já temos cover de: Roupa Nova, Roberta Miranda, Zezé di Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó, Legião Urbana; além de ter um cantor ou grupo que adote o estilo musical que lhe agrade: samba, pagode, forró, axé, rock and roll, funk, enfim, todos os ritmos pra todos os gostos.

O que me incomoda não é o ritmo escolhido, mas no meu entendimento, a razão da escolha. Os que optam pelo ritmo que lhe agrada, defendem as palavras do apóstolo Paulo: “Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns”. I Coríntios 9:22 . Mas convenhamos que o mesmo apóstolo Paulo diz: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam”. I Coríntios 10:23.


E falando em edificação, no sentido de acrescentar alguma coisa ao espírito, gostaria de saber qual a edificação que nos traz a letra dessa canção do Superman e a Mulher-Maravilha?! A letra já começa dizendo que é o “sucesso do verão”, então não é algo duradouro, mas de uma temporada, quando o próprio Jesus declarou: “Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar”. Lucas 21:33 . Música pra louvar a Deus tem que ter embasamento bíblico. Na verdade essa música foi feita só pra se dançar mesmo, e não é uma dança de louvor a Deus como fez Davi: “E sucedeu que, chegando a arca da aliança do SENHOR à cidade de Davi, Mical, a filha de Saul, olhou de uma janela, e, vendo a Davi dançar e tocar, o desprezou no seu coração”. I Crônicas 15:29 , mas pra satisfazer a carne mesmo.

E desde quando personagem de história em quadrinhos pode ser tema de música evangélica? E o cúmulo, é a afirmação do produtor em dizer que a música é uma profecia de conversão dos personagens e não que eles tenham fugido. De acordo com o dicionário, profetizar é: v.t. Predizer o futuro por inspiração divina. Então, como pode o que é divino interagir com o fictício? Qual a mente sã pode aceitar isso como louvor profético? Se continuar assim, em breve vamos ter alguma canção que fale que o Hulk não fica mais verde porque o sangue de Jesus o libertou e agora ele está mais alvo que a neve. Sinceramente!

Agora vejamos um pouco as características de cada personagem:

Superman é uma personagem, cujas histórias em quadrinhos são publicadas pela editora dos Estados Unidos DC Comics, uma empresa subsidiária do grupo Time Warner. Superman é um super-herói foi criado pela dupla de autores de quadrinhos Joe Shuster e Jerry Siegel. Sua primeira aparição foi apresentada na revista Action Comics #1 em 1938, nos Estados Unidos.
Superman nasceu no fictício planeta Krypton e foi chamado pelos seus pais de Kal-El (que significaria Filho das Estrelas no idioma kryptoniano). Foi mandado à Terra por Jor-El, seu pai, cientista, momentos antes do planeta explodir. O foguete aterrissou na Terra na cidade de Smallville (por alguns anos, foi traduzida no Brasil como Pequenópolis), onde o jovem Kal-El foi descoberto pelo casal de fazendeiros Jonathan e Martha Kent. Conforme foi crescendo, ele descobriu que tinha habilidades diferentes dos humanos. Quando não está atuando com o tradicional uniforme azul e vemelho, ele vive como Clark Kent, repórter do Planeta Diário. Clark trabalha com Lois Lane, com quem hoje é casado.
Habilidades: Força sobre-humana, velocidade, resistência, invulnerabilidade, sopro congelante, super audição, poderes extra-sensoriais e visuais, longevidade, vôo, inteligência, raio laser ocular e regeneração.
A suposta origem dos poderes do Superman é o Sol amarelo da Terra. Em Krypton o astro é vermelho, e essa diferença de frequência eletromagnética entre ambos os astros faria com que, de alguma forma, as células do corpo de Kal-El fossem "carregadas" como verdadeiras baterias vivas, enrijecendo seus músculos.
Na Série Smallville que conta a história do Superman enquanto jovem, existem alguns tipos de kryptonita:
• Verde - letal para o Superman
• Vermelha - aflora uma personalidade rebelde do Superman
• Preta - divide (ou une) o lado bom e o lado mal do Superman
• Prateada - cria ilusões na mente do Superman
• Azul - Inibe os poderes dos kriptonianos sob o Sol amarelo

(Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Superman )

A Mulher-Maravilha é uma super-heroína de histórias em quadrinhos e desenhos animados da DC Comics. Ela é a princesa de Themyscira (às vezes chamada de Ilha Paraíso), filha da rainha das amazonas, Hipólita. Sua mãe a criou a partir de uma imagem de barro, à qual cinco deusas do Olimpo deram vida e presentearam com superpoderes. Já adulta, foi enviada para o "mundo dos homens" para espalhar uma missão de paz, bem como lutar contra o deus da guerra, Ares. Tornou-se integrante da Liga da Justiça, assim como Superman e Batman. Ela foi a primeira heroína a ser criada, em 1941, pela DC Comics. Estreou em All Star Comics #8 (Dez. 1941).
No início dos anos 1940, a DC Comics era dominada pelos personagens masculinos com superpoderes tais como Lanterna Verde, Batman, e o principal deles, Superman. Atribui-se à esposa de Marston, Elizabeth Holloway Marston, a idéia de se criar uma super-heroína:
“ William Moulton Marston, um psicólogo já famoso por inventar o polígrafo (precursor mecânico do laço mágico), teve a idéia para um tipo novo do super-herói, um que triunfaria não com punhos ou poderes, mas com amor. "Bom", disse Elizabeth. "Mas faça-lhe uma mulher."
Marston apresentou a idéia à Max Gaines, co-fundador (junto com Jack Liebowitz) de All-American Publications. Marston desenvolveu a Mulher-Maravilha junto com Elizabeth. Para criar a Mulher-Maravilha, Marston foi inspirado também por Olive Charles Byrne, uma mulher que viveu com ele em situação de poligamia. Para escrever as aventuras em quadrinhos da nova super-heroína, Marston usou o pseudônimo de Charles Moulton, combinando seu nome do meio com o de Olive.
Os poderes da Mulher-Maravilha são enormes: Força física sobre-humana (capaz de rivalizar com seres poderosos como Superman), grande velocidade e agilidade e grande resistência física. A resistência dela, no entanto, é confusa, dado que pode suportar rajadas de seres poderosos, mas não resiste a balas, flechadas e tiros, e usa seus braceletes para desvia-los. É dito que tem a força de Herácles, a sabedoria de Atena, a beleza de Afrodite e a velocidade de Hermes.

A Mulher-Maravilha, além dos poderes, recebeu dos deuses presentes que ajudam a aumentar suas habilidades: dois braceletes indestrutíveis, que usa para desviar projéteis e raios, uma tiara que pode ser usada como bumerangue e um laço mágico inquebrável que faz com que as pessoas tocadas digam a verdade. O laço também fez o deus Ares enxergar a loucura de seus atos, pois se destruísse todos os humanos, não teria mais adoradores. Em histórias posteriores, escritas por Joe Kelly (o arco "Paraíso Imperfeito", na revista em quadrinhos/banda desenhada da Liga da Justiça) foi explicado que este laço (às vezes apelidado de laço da verdade) é um símbolo da verdade em nosso mundo, cabendo a Mulher-Maravilha, portanto, o papel de guardiã da verdade. A Mulher-Maravilha possuia uma espécie de rádio receptor/emissor de ondas telepáticas, com os quais podia se comunicar com as Amazonas que estavam em Themiscyra.

(Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mulher-Maravilha)

Eu pergunto, como personagens com esse histórico de criação pode ser tema de uma música para o louvor do nome do Senhor e mais ainda, ser canal de salvação para as almas sedentas por Cristo? Idolatria, ocultismo, feitiçaria fazem parte da história deles e com toda força sobrenatural que eles possuem cada um deles tem o seu ponto fraco que pode ser destruído. Super herói que pode ser destruído, como pode?! Meu Jesus sim é um Herói, porque venceu até mesmo a morte!!!

O verdadeiro louvor é aquele que transforma e liberta, mas para que isso aconteça é preciso que a pessoa que louva seja cheia do Espírito Santo, a exemplo de Davi quando Saul vivia atormentado por um espírito mau: “Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me, pois, um homem que toque bem, e trazei-mo. Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o SENHOR é com ele. E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele”. (I Samuel 16:17,18,23). A principal referência sobre Davi não foi que ele era um músico profissional, mas que o Senhor era com ele. Sem a presença do Senhor ele podia tocar até fazer calos nos dedos, não surtiria nenhum efeito na vida de Saul.

Não se louva ao Senhor de qualquer jeito e nem com qualquer música. O rei Manassés depois de pedir perdão ao Senhor por todos os seus erros tomou uma providência importantíssima: “E reparou o altar do SENHOR e ofereceu sobre ele sacrifícios de ofertas pacíficas e de louvor; e ordenou a Judá que servisse ao SENHOR Deus de Israel.” II Crônicas 33:16. A palavra “reparou” aqui significa fazer reparos, consertos, então podemos entender que o altar do Senhor não podia continuar do mesmo jeito, contaminado. É preciso que tenhamos zelo pelas coisas do Senhor e não fazer de qualquer jeito ou do nosso agrado, porque devemos agradar é ao Senhor: “Louvai ao SENHOR, porque é bom cantar louvores ao nosso Deus, porque é agradável; decoroso é o louvor”. Salmos 147:1

O louvor é tão forte e impactante que o Rei Jeosafá venceu uma guerra por causa do louvor: “Então Jeosafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o SENHOR, adorando-o. E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas, e dos filhos dos coratitas, para louvarem ao SENHOR Deus de Israel, com voz muito alta. E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis; E aconselhou-se com o povo, e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem à Majestade santa, saindo diante dos armados, e dizendo: Louvai ao SENHOR porque a sua benignidade dura para sempre. E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados”. (II Crônicas 20: 18-22)

Costumo dizer que hoje temos mais cantores querendo viver da venda dos seus discos do que pessoas para comprar, a demanda é enorme e a facilidade para gravar também, mas que fiquemos atentos e ao convidar algum destes cantores para participar de um culto em nossas Igrejas ou evento evangélico que possamos ter deles a mesma referência de Davi: “prudente em palavras e o Senhor é com ele”.

Confira o vídeo da música da Banda Lemirah.

3 comentários:

Pr. Linaldo Junior disse...

Graça e paz! Acho estranho uma musica com esta concepção... Para mim foge do proposito ideal, além do que tal é uma musica secular, apesar de qualquer outro rotulo que queira se dar a tal e de partes da letra que falam uma linguagem "gospel". Abraço, Deus te abençoe!!!

Junior disse...

Um 'nojo' só como a maioria dos 'axés' baianos... não devemos nos conformar com essa era imagina copiar todas as ridicularidades seculares e ainda querer afirmar que há algo de Deus nisso... e vereis a diferença entre os que servem a Deus e os que não servem (pra nada)de banda de uma banda só o nome sobressai... epoderiam mudar pra Lemureh (que são ratos de deserto e/ou esgoto)

Anônimo disse...

EU PESSOALMENTE NÃO GOSTO DE NENHUMA DAS 2 MUSICAS.